↑ Voltar para Odontoceti

Delphinidae

Cephalorhynchus commersonii (Golfinho de commerson)

Características Físicas

O golfinho de commerson é uma das menoresespécies de odontocetos. Tem o corpo robusto e a cabeça cônica, com um rostro não evidente. A coloração do corpo é em sua maior parte branca. Apenas a cabeça, as nadadeiras peitorais e a porção posterior do corpo a partir da nadadeira dorsal exibem coloração negra. A nadadeira dorsal é arredondada assim como as pontas das peitorais. A margem anterior da nadadeira peitoral esquerda e menos frequentemente a da direita pode ser serrilhada. Os machos adultos alcançam entre 1.44 e 1.67m de comprimento corporal e as fêmeas entre 1.47 e 1.74m. O peso médio dos adultos é cerca de 86Kg. Possuem cerca de 28 a 34 pares de dentes na maxila superior e 26 a 35 pares de dentes na maxila inferior.

Distribuição geográfica e hábitat

Esta espécie habita águas temperadas e subantárticas da América do sul e águas ao redor das ilhas Kerguelen no Oceano Índico. Habitam águas costeiras principalmente onde o substrato é arenoso ou lamoso e a amplitude de maré é elevada. Movem-se pra mais próximo da costa com as marés e são frequentemente avistados nadando nas zonas de arrebentação.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Delphinus delphis (Golfinho comum de bico curto)

Características Físicas

O golfinho comum de bico curto exibe um corpo esguio com um rostro moderadamente longo e fino. O padrão de cor é marcante e relativamente complexo, sendo uma forma de identificar a espécie. Toda a superfície dorsal da extremidade do melão até a porção posterior a nadadeira dorsal é de coloração cinza-escura ou negra, assim como as nadadeiras. O manto dorsal tem forma de V nos dois lados do corpo. A região ao redor dos olhos é preta e ligada ao bico por uma listra escura. Vista de cima, a ponta do bico é cinza-escura ou preta; de frente, pode ser branca. A região ventral e os lados do corpo são claros, sendo que o V do manto dorsal divide os lados em duas tonalidades: esbranquiçada ou amarelada na parte da frente e acinzentada na parte de trás. As nadadeiras peitorais são curvas e pontudas. Sua nadadeira dorsal é alta, ligeiramente falcada e situa-se próximo ao centro do dorso. Os adultos alcançam cerca de 2,7m de comprimento corporal, sendo as fêmeas um pouco menores do que os machos. O peso médio dos adultos é cerca de 75Kg, mas alguns machos adultos podem chegar a 150Kg. Possuem cerca de 80 a 100 pares de dentes pequenos e afiados.

Distribuição geográfica e hábitat

Esta espécie distribui-se em todos os oceanos do mundo, inclusive em mares interiores como o Mediterrâneo e o mar Negro na Europa. Ocorre em águas tropicais e temperadas, evitando águas abaixo de 10o C. Habita águas costeiras e oceânicas, sendo de ocorrência muito comum na borda da plataforma continental. Sua distribuição está ligada ao relevo submarino, sendo encontrado predominantemente em regiões com relevo de fundo bastante acidentado. Aparentemente as populações desta espécie podem realizar grandes deslocamentos (mais de 1000Km) em busca de alimento.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Society for Marine Mammalogy – taxonomia

Mapa de distribuição global da espécie

Feresa attenuata (Orca pigméia)

Características Físicas

Como o próprio nome diz, esta espécie assemelha-se a orca em algumas características comoo número e a forma dos dentes, o tamanho da nadadeira dorsal e as marcas ventrais no corpo,porém, exibe um menor tamanho corporal. Os machos adultos alcançam cerca de 2,6m de comprimento corporal, sendo as fêmeas um pouco menores do que os machos. O corpo desta espécie é moderadamente robusto na metade anterior e esguio na metade posterior, apresentando coloração negra com algumas porções brancas nos lábios e na barriga. Zonas mais claras na lateral do corpo estendem-se dos olhos às nadadeiras caudais. Não possuirostro e o melão arredondado estende-se um pouco a frente da boca. A nadadeira dorsal, posicionada no meio das costas, é alta, ereta e falcada. As nadadeiras peitorais são moderadamente longas e estreitas. Há 8 a 12 pares de dentes na maxila superior e 10 a 13 pares na maxila inferior.

Distribuição geográfica e hábitat

Possui uma distribuição pantropical. No Oceano Atlântico, os limites setentrionais de distribuição são o Golfo do México e o Senegal e os limites localizados mais ao sul são a porção setentrional da Argentina e o sul da África. Habita águas oceânicas e normalmente não se aproxima de águas costeiras de pouca profundidade.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Society for Marine Mammalogy – taxonomia

Mapa de distribuição global da espécie

Globicephala macrorhynchus (Baleia piloto de peitorais curtas)

Características Físicas

As baleias piloto de peitorais curtas exibem um corpo comprido e robusto com a coloração variando de cinza-escuro a preto. A maioria dos indivíduos possui uma marca clara em forma de âncora na barriga, entre as nadadeiras peitorais, que se estreita em direção à nadadeira caudal. Algumas baleias piloto de peitorais longas apresentam também manchas claras atrás dos olhos e da nadadeira dorsal. O melão arredondado e bastante protuberante estende-se além da boca. O bico é pequeno e pouco notável, mas mais evidente do que na baleia piloto de peitorais longas. O orifício respiratório situa-se ligeiramente à esquerda da linha central da cabeça. A nadadeira dorsal é baixa, bastante falcada, tem a base larga e a extremidade arredondada e localiza-se próximo à cabeça. A forma e a localização da nadadeira dorsal são típicas, e servem como características de diferenciação entre as baleias piloto e os demais odontocetos. As nadadeiras peitorais são curtas medindo não mais do que um sexto do comprimento corporal.  A nadadeira caudal é relativamente pequena e possui as bordas pontudas. Os machos adultos podem atingir até 7,2m de tamanho corporal enquanto as fêmeas podem chegar a 5,1m. Em geral, esta espécie apresenta de 14 a 18 pares de dentes.

Distribuição geográfica e hábitat

Esta espécie é cosmopolita, sendo encontrada em águas tropicais e subtropicais dos Oceanos Atlântico, Pacífico e Índico. Pode ocorrer tanto em águas costeiras quanto em águas oceânicas.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Society for Marine Mammalogy – taxonomia

Mapa de distribuição global da espécie

Globicephala melas (Baleia piloto de peitorais longas)

Características Físicas

Esta espécie exibe as mesmas características da baleia piloto de peitorais curtas, diferindo apenas no tamanho das nadadeiras peitorais. O corpo é comprido e robusto com a coloração variando de cinza-escuro a preto. A maioria dos indivíduos possui uma marca clara em forma de âncora na barriga, entre as nadadeiras peitorais, que se estreita em direção à nadadeira caudal. Algumas baleias piloto de peitorais longas apresentam também manchas claras atrás dos olhos e da nadadeira dorsal. O melão arredondado e bastante protuberante estende-se além da boca, que é pequena e curva. O bico é pequeno e pouco notável. O orifício respiratório situa-se ligeiramente à esquerda da linha central da cabeça. A nadadeira dorsal é baixa, bastante falcada, tem a base larga e localiza-se próximo à cabeça. A forma e a localização da nadadeira dorsal são típicas, e servem como características de diferenciação entre as baleias piloto e os demais odontocetos. As nadadeiras peitorais são estreitas e longas medindo cerca de um quarto do comprimento corporal.  A nadadeira caudal é relativamente pequena e possui as bordas pontudas. Os machos adultos podem atingir até 6,3m e pesar 2,3t de tamanho corporal enquanto as fêmeas podem chegar a 4,7m e pesar 1,3t. Em geral, esta espécie apresenta de 9 a 12 pares de dentes em ambas as maxilas.

Distribuição geográfica e hábitat

A distribuição da baleia piloto de peitorais longas está restrita às zonas temperadas e subtropicais de todos os oceanos do mundo, exceto do Pacífico Norte. Esta espécie pode ocorrer em regiões tropicais, ainda que raramente. É uma espécie abundante nas áreas temperadas e subtropicais. Embora seja uma espécie basicamente oceânica, ocasionalmente pode ser encontrada em águas costeiras.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Society for Marine Mammalogy – taxonomia

Mapa de distribuição global da espécie

Grampus griseus (Golfinho de risso, golfinho cinzento)

Características Físicas

Uma das principais características do golfinho de risso são as diversas marcas e arranhões que o adulto apresenta ao longo do corpo. O corpo é robusto e a cabeça tem formato de globo, apresentando um sulco que se estende desde o lábio superior até o orifício respiratório, dividindo o melão protuberante em duas partes. Não possui bico definido. O corpo é geralmente acinzentado com as nadadeiras peitorais, dorsal e caudal cinza escuras. Ao redor dos olhos há também manchas escuras. A nadadeira dorsal é alta, ereta e falcada. As peitorais são longas e em forma de foice. Os adultos podem chegar 3,8m sendo os machos ligeiramente maiores que as fêmeas. Não possuem dentes na maxila superior e na maxila inferior não se encontram mais do que sete pares.

Distribuição geográfica e hábitat

Comumente encontrado em águas tropicais e temperadas quentes em todo o mundo. Existem também registros ocasionais de sua presença em águas subantárticas. É uma espécie de águas profundas, sendo comum a ocorrência ao longo da borda da plataforma continental, em águas de mais de 100 m de profundidade com relevo de fundo acidentado.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Lagenodelphis hosei (Golfinho de fraser)

Características Físicas

O golfinho de fraser é um animal robusto com nadadeiras peitorais e dorsal relativamente pequenas. A nadadeira dorsal situa-se próximo ao centro do dorso e geralmente tem forma triangular, podendo ser ligeiramente falcada. O bico é curto, mas bem definido. O padrão de coloração desta espécie é típico. O dorso é cinza-azulado e a região da barriga é clara, podendo ser branca ou rosada. Uma faixa lateral escura e larga liga a região dos olhos ao ânus e faz com que o golfinho pareça mascarado. Acima e abaixo desta faixa ocorrem duas faixas claras. Todas as nadadeiras são escuras. Uma ou duas listras escuras estendem-se desde o ângulo da boca até a inserção da nadadeira peitoral. Os machos adultos atingem cerca de 2,7m de comprimento corporal. Os machos pesam em média 210Kg e as fêmeas, no mínimo 160Kg. Possuem entre 36 e 44 pares de dentes na maxila superior e entre 34 e 44 pares na maxila inferior.

Distribuição geográfica e hábitat

Tem distribuição tropical entre 40o N e 40o S. É uma espécie de águas oceânicas, ocorrendo em profundidades superiores a 1000 m, sendo raramente encontrada próximo à costa.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Lissodelphis peronii (Golfinho de peron)

Características Físicas

Esta espécie exibe um padrão corporal incomum para a maioria dos cetáceos, com corpos comprimidos dorso-ventralmente. A porção posterior do corpo afila-se abruptamente. O bico é curto e destacado do melão. A linha da boca reta e comprida. As nadadeiras peitorais e a caudal são pequenas. Não exibem nadadeira dorsal. A coloração do dorso é negra e a do ventre branca. A porção branca estende-se da garganta até a porção final do corpo, encobrindo a maior parte da face, nadadeiras peitorais e laterais do meio do corpo. Há uma estreita faixa preta na margem posterior das nadadeiras peitorais. A nadadeira caudal é cinza dorsalmente e branca ventralmente.

Distribuição geográfica e hábitat

De distribuição circumpolar entre 40oS e 55oS, movendo-se ocasionalmente para latitudes de 25oS no Oceano Atlântico. Estas incursões mais ao norte estão associadas a correntes de água fria que fluem para o norte. É uma espécie de hábitos pelágicos, aproximando-se da costa apenas em áreas onde a plataforma continental é estreita ou a produtividade na costa é especialmente alta, tais como as áreas de ressurgência.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Orcinus orca (Orca)

Características Físicas 

Umas das mais populares espécies de cetáceos, a baleia orca tem o corpo extremamente robusto e grande, sendo o maior representante dentro da família Delphinidae. Os machos adultos são maiores que as fêmeas, podendo atingir até 9m, enquanto as fêmeas chegam a 7.9m de comprimento corporal. O dimorfismo sexual é marcante na espécie, podendo ser observado pelo tamanho corporal e pelo tamanho e forma das nadadeiras dorsais, que sãograndes e proeminentes. Nos machos, estas são mais altas que nas fêmeas, podendo chegar a 1.8m de altura.  A cabeça é c6onica e um bico bem definido está ausente. As nadadeiras peitorais são largas e arredondadas bem diferente das nadadeiras da maioria dos delfinídeos que exibem um formato de foice. Esta espécie possui de 10 a 14 pares de grandes dentes pontudos em ambas as maxilas. O padrão de coloração do corpo consiste de áreas em preto e branco altamente contrastantes. A porção ventral do corpo é branca, estendendo-se da maxila inferior até a região umbilical. A porção ventral da nadadeira caudal também é branca, assim como as manchas que se elevam pelas laterais do corpo na altura da região uro-genital e as manchas ovais atrás do olho. As nadadeiras peitorais e a dorsal são inteiramente pretas, assim como o restante do corpo, exceto por uma mancha altamente variável entre cinza e branco, localizada nas costas após a nadadeira dorsal.

Distribuição geográfica e hábitat

Considerada a espécie de cetáceo de distribuição mais ampla, a baleia orca é verdadeiramente cosmopolita, não limitando o seu alcance pela temperatura e profundidade da água. Ocorre em grandes densidades nas altas latitudes, especialmente em áreas com abundância de alimento. Seu movimento parece seguir aquele das espécies consumidas, tirando vantagem de pulsos na abundância ou vulnerabilidade das presas, como por exemplo, em épocas de desova de peixes ou nascimento de filhotes de foca.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Peponocephala electra (Golfinho cabeça de melão)

Características Físicas

O golfinho cabeça de melão como o próprio nome indica tem a cabeça semelhante a um melão, mas quando observada de cima ou lateralmente é bastante triangular. O corpo é alongado, de coloração cinza-escura, preto-azulada ou marrom-escura. A boca é branca em toda a sua extensão e manchas brancas ocorrem também ao redor das aberturas genital e anal e na região da barriga, esta última em formato de âncora tal qual as baleias piloto. A nadadeira dorsal alta é falcada, localizando-se no meio do dorso. As nadadeiras peitorais são longas e pontiagudas. Os adultos atingem em média 2,3 de comprimento corporal e 160Kg de peso.

Distribuição geográfica e hábitat

Esta espécie distribui-se em águas tropicais e subtropicais de todo o mundo, basicamente em águas pelágicas.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Pseudorca crassidens (Falsa orca)

Características Físicas

Uma das principais características desta espécie é a forma das nadadeiras peitorais, que, apesar de estreitas, apresentam uma curva semelhante a um “cotovelo” com as extremidades pontudas. A nadadeira dorsal, situada no meio do corpo, é alta e falcada. A nadadeira caudal é pequena. O corpo é longo e delgado e a cabeça, pequena em relação ao corpo e com um formato bastante ovalado. A coloração do corpo é quase totalmente negra, exceto pela mancha acinzentada em forma de âncora que possui na barriga, entre as nadadeiras peitorais, e pelas manchas cinza-claro que pode apresentar nos lados da cabeça. O comprimento médio da falsa orca é de 5,4m para os machos adultos e de 4,6m para as fêmeas.

Distribuição geográfica e hábitat

É uma espécie cosmopolita, ocorrendo em águas oceânicas tropicais e temperadas. Eventualmente pode ser encontrada próximo à costa em águas mais frias.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Society for Marine Mammalogy – taxonomia

Mapa de distribuição global da espécie

Sotalia fluviatilis (Tucuxi, boto-cinza)

Características Físicas

Uma das menores espécies de cetáceos, atingindo em média 1,5m de comprimento corporal. O corpo é robusto de coloração cinza na região dorsal e nadadeiras. Na região da barriga, a coloração é mais clara chegando a ser branca ou cor-de-rosa. A nadadeira dorsal tem forma triangular, e localiza-se próximo ao centro do dorso. O bico tem tamanho médio, e a separação entre este e a cabeça não é visível.

Distribuição geográfica e hábitat

Esta espécie é de ocorrência fluvial, distribuindo-se nas bacias dos rios Amazonas e Orinoco. Sua distribuição é bastante extensa nesta área, com registros confirmados no Peru, Colômbia, Venezuela e Brasil.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Sotalia guianensis (Boto, boto-cinza)

Características Físicas

O boto-cinza (Sotaliaguianensis) é muito semelhante ao tucuxi e por muito tempo, ambos foram considerados como formas ou ecotipos distintos de uma mesma espécie, sendo o tucuxi a forma fluvial e o boto-cinza a forma marinha. Apenas recentemente esta espécie passou a ser considerada como distinta de Sotaliafluviatilis. O corpo é robusto, atingindo em média 1,9m de comprimento corporal, portanto, um pouco maiores que o tucuxi.  A coloração desta espécie é semelhante a do tucuxi, sendo um pouco mais escura. A região dorsal e as nadadeiras têm coloração acinzentada. Na região da barriga, a coloração é mais clara chegando a ser branca ou cor-de-rosa. A nadadeira dorsal tem forma triangular, e localiza-se próximo ao centro do dorso. O bico tem tamanho médio, e a separação entre este e a cabeça não é visível.

Distribuição geográfica e hábitat

Habita águas costeiras e rasas distribuindo-se desde Honduras na América Central até a Baía Norte em Florianópolis, Santa Catarina, sul do Brasil.

Links externos

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Stenella attenuata (Golfinho pintado pantropical)

Características Fisicas

Espécie muito semelhante ao golfinho pintado-do-atlântico. A principal diferença na aparência é a forma mais delgada no corpo e o desenho do manto dorsal que é redondo e ininterrupto no golfinho-pintado-pantropical. O dorso é escuro e o ventre claro. A ponta do bico também é branca e existe frequentemente uma mancha escura ao redor dos olhos. Os indivíduos adultos apresentam pintas claras no dorso e escuras na região da barriga que nem sempre são visíveis. A nadadeira dorsal é relativamente alta e falcada e o bico longo e fino.

Distribuição geográfica e hábitat

Distribui-se pelas zonas tropicais e subtropicais de todos os oceanos habitando águas costeiras e pelágicas.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Stenella clymene (Golfinho de clymene)

Características Físicas

Embora a aparência geral desta espécie seja muito parecida com a do golfinho-rotador, seu corpo é mais robusto, o bico é mais curto e o manto dorsal escuro é mais largo abaixo da nadadeira dorsal terminando na metade da distância entre a caudal e a dorsal. O comprimento médio dos adultos é de aproximadamente 2m. O padrão de coloração de três tonalidades é semelhante ao do golfinho-rotador com as diferenças no manto dorsal já relatadas. O bico é cinza-escuro na parte superior, preto na ponta,claro nas laterais e branco na parte inferior. Existe uma estreita linha escura ligando os olhos ao bico e uma outramais suave entre os olhos e as nadadeiras peitorais. As nadadeiras são semelhantes às do golfinho-rotador, porémmenores.

Distribuição geográfica e hábitat

Ocorre nas áreas tropicais e subtropicais do Oceano Atlântico. É um golfinho de águas profundas.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Stenella coeruleoalba (Golfinho listrado)

Características Físicas

Espécie de delfinídeo de coloração caraterística exibindo listras pretas pelo corpo. As listras principais são a que ligao olho ao ânus e a que liga o olho à nadadeira peitoral. O manto dorsal de cor escura se estende quase até o bico e possui uma entrada cinza perto da nadadeira dorsal. A região da barriga é branca ou rosada e as peitorais e caudal são escuras. O bico é preto. A nadadeira dorsal alta e falcada posiciona-se próximo ao centro do dorso. As peitorais são de tamanho médio assimcomo o bico. O comprimento máximo atingido por esta espécie é de 2,7m sendo os machos ligeiramente maiores que as fêmeas.

Distribuição geográfica e hábitat

Distribui-se em zonas tropicais, subtropicais e temperadas quentes de todos os oceanos. Habita águas oceânicas podendo também ser encontrado próximo à costa.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Stenella frontalis (Golfinho pintado do atlântico)

Características Físicas

Espécie de corpo esguio embora mais robusto que o golfinho-pintado-pantropical. Apresenta coloração variada. Uma de suas principais características é o desenho do manto-dorsal cinza-escuro que possui uma faixa clara interrompendo seu desenho arredondado logo abaixo da nadadeira dorsal. A região ao redor dos olhos é escura e a extremidade do bico é em geral branca. Esta espécie apresenta muitas pintas pelo corpo, sobretudo na fase adulta. O bico é longo e fino e as nadadeiras são pontudas e de tamanho moderado sendo proporcionais ao comprimento do animal. Os indivíduos adultos alcançam entre 1,6 e 2,2m.

Distribuição geográfica e hábitat

Ocorre e águas tropicais, subtropicais e temperadas do oceano Atlântico. Pode ser encontrado tanto próximo à costa como em águas pelágicas.

 Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Society for Marine Mammalogy – taxonomia

Mapa de distribuição global da espécie

Stenella longirostris (Golfinho rotador)

Características Físicas

Recebe este nome devido aos saltos em forma de pirueta que costuma executar girando várias vezes em torno do eixo do seu corpo antes de retornar à água. Cerca de cinco variantes geográficas com coloração e características morfológicas externas distintas estão descritas. O corpo é alongado e o tamanho médio da variante que ocorre no Brasil é de aproximadamente 2m. O bico é muito longo e fino. A nadadeira dorsal situa-se próximo ao centro do dorso e pode variar bastante de forma e tamanho conforme as variantes geográficas. Em Fernando de Noronha onde existe uma população bastante conhecida desta espécie, observam-se alguns indivíduos com dorsais triangulares e outros com dorsais moderadamente falcadas.  A coloração e a forma dos golfinhos rotadores que ocorre no Brasil são semelhantes às da forma havaiana da espécie. A principal característica da coloração é o padrão dégradé de três cores básicas: barriga branca, faixa intermediária cinza-claro nos lados do corpo e manto dorsal cinza-escuro.

Distribuição geográfica e hábitat

O golfinho-rotador é encontrado nos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico, onde fica restrito às regiões tropical, subtropical e com menor frequência temperada. Sua distribuição é basicamente oceânica, embora possa ser ocasionalmente encontrado em águas costeiras.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Steno bredanensis (Golfinho de dentes rugosos)

Características Físicas

O nome comum desta espécie deriva das finas ranhuras verticais que possui em seus dentes, diferentemente de outras espécies de odontocetos, que possuem dentes em geral lisos. Umas das características diagnósticas desta espécie é o formato da cabeça, em forma de cone, não existindo uma separação nítida entre o bico e a cabeça. O corpo em geral parece ser mais alongado do que realmente é, devido à forma da cabeça e ao tamanho das nadadeiras. No entanto, a espécie tem o corpo robusto e forte. Os indivíduos adultos podem atingir até 2,65m, as fêmeas sendo ligeiramente menores que os machos. A coloração do dorso é geralmente cinza-escuro. As nadadeiras e a região em volta dos olhos são mais escuras. A barriga pode ser branca ou rosada, sendo sempre mais clara que o dorso. A espécie apresenta um manto dorsal estreito bem distinto no dorso de coloração mais escura. Manchas e pintas irregulares podem ocorrer em todo o corpo além de cicatrizes brancas ou amareladas causadas por mordidas de tubarão charuto ou como resultado de disputas entre indivíduos. A linha da boca e a ponta do bico são brancas, mas a porção superior do bico é escura. As nadadeiras peitorais são pontudas e grandes em relação ao corpo. A nadadeira dorsal situa-se perto do centro do dorso e é muito alta, sendo mais proeminente do que a do golfinho nariz-de-garrafa. A cauda é grande e larga.

Distribuição geográfica e hábitat

Ocorre em águas tropicais e subtropicais de todos os oceanos, geralmente em águas profundas, na borda da plataforma continental.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Mapa de distribuição global da espécie

Tursiops truncatus (Boto, boto da tainha, golfinho nariz-de-garrafa)

Características Físicas

Considerada o arquétipo do golfinho, a espécie Tursiops truncatus ganhou notoriedade mundial através da série da TV americana Flipper. Esta espécie tem o corpo robusto, com uma separação evidente entre a cabeça e o bico, geralmente curto. O tamanho corporal de um indivíduo adulto varia de 1,9 a 3,8m sendo os machos ligeiramente maiores que as fêmeas. A coloração do corpo é normalmente cinza-escuro no dorso, clareando em direção à barriga, que é geralmente branca ou rosada. Alguns indivíduos podem apresentar uma capa-dorsal definida por uma coloração mais escura, que algumas vezes apresenta uma entrada mais clara abaixo da nadadeira dorsal. Outros podem exibir algumas pintas e manchas pelo corpo, além de marcas e arranhões no dorso. A nadadeira dorsal é alta e falcada, localizando-se próximo ao centro do dorso. As peitorais são pontudas e têm tamanho moderado.

Distribuição geográfica e hábitat

Espécie cosmopolita, ocorrendo em águas tropicais, subtropicais e temperadas de todos os oceanos. Habita águas pelágicas e costeiras podendo também ser encontrada em estuários, lagoas e canais e ocasionalmente penetrando em rios.

Links externos

Arkive

Encyclopedia of Life

World Register of Marine Species – WoRMS

Society for Marine Mammalogy – taxonomia

Mapa de distribuição global da espécie